̶p̶e̶s̶s̶i̶m̶i̶s̶ ̶

̶ ̶̶̶m̶̶̶i̶̶̶n̶̶̶i̶̶̶m̶̶̶a̶̶̶l̶̶̶i̶̶̶s̶̶̶ ̶̶̶               ̶p̶e̶s̶s̶i̶m̶i̶s̶ ̶          morte   C. olhou pela janela da sala para se acalmar um pouco. estava alarmado com o fato de que alguns pequenos problemas somados pudessem exercer uma força tão opressora em sua mente ao ponto de atrapalhar até mesmo sua respiração e seus batimentos cardíacos. “Devo estar […]